Bloqueio de bens do ex-senador Clésio Andrade é ilegal

O mensalão foi um esquema montado pelo mineiro Marcos Valério, condenado por esse mensalão, e também pelo mensalão do PT. A justiça do Brasil é uma coisa engraçada. Pune-se o inocente para salvar o condenado. Em uma decisão curiosa, um juiz do estado de Minas Gerais negou o bloqueio de bens do ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo, condenado pelo que foi conhecido como o mensalão tucano.

Marcos Valério

Bloqueio de bens de inocente é imoral

Afastado da política brasileira, o ex-senador Clésio Andrade se dedica aos negócios da família e à presidência da CNT. Comandando a Confederação desde 1993, Clésio Andrade se dedica a trabalhar pelo desenvolvimento do setor do transporte, sempre esquecido pelo poder público.

Clésio Andrade

No mesmo julgamento que liberou os bens de Azeredo, já condenado pela justiça, e puniu com o bloqueio de bens Marcos Valério, também condenado, esse juiz determina o bloqueio de bens de Clésio Andrade, atual presidente da CNT. Qual mal feito de Clésio Andrade que lhe valeu o bloqueio de bens? Ter comprado parte da propriedade de duas agências onde Marcos Valério trabalhava, sendo que a compra não foi ao acaso, já que ambas as agências eram as maiores do estado e Clésio Andrade investia em diversos negócios.

Em bom português, a sentença do magistrado terminou por punir um inocente, ao mesmo tempo em que preservava o patrimônio ilícito de um condenado. Com o bloqueio de bens do ex-vice governador, sem mesmo um único inquérito condenatório, a justiça brasileira acabou por cometer uma injustiça com um homem que trabalha desde a década de 70 em sindicatos em defesa do trabalhador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s